terça-feira, 23 de dezembro de 2008

Ser humano (?)


Lembro-me bem de um texto de um autor que não me lembro no momento o nome, mas o nome não importa, a mensagem foi importante, ele mostrava o espanto de um homem frente a uma realidade estarrecedora, essa realidade que o autor demonstrava vi, e tive a mesma sensação do autor que a concretizou em um conto.

O conto se passava em uma cidade cosmopolita, onde um homem via um outro homem (até ele duvidou por um momento que aquilo fosse um homem) se alimentando de restos.
Há algumas semanas ao ir ao meu jogo semanal sagrado vi uma cena igual que me fez pensar em o quanto evoluímos como sociedade nesses quase vinte anos do conto original, em meio á carros importados e gente se dirigindo a avenida mais “badalada” de Belém uma família formada por 5 (Cinco) pessoas procuravam ávidas por algo para comer em um amontoado de lixo naquela área nobre.

O que mais me espantou foi a naturalidade com que as pessoas passavam por aqueles que deveriam ser considerados iguais, passava, sem mesmo olhar a cena, não se constrangiam ou mesmo se inquietavam, agiam como se aqueles entes fossem sombras que não mereciam sua atenção.

Esse status de consciência (inconsciência) é o mais perigoso, é quando não mais nos sentimos ultrajados com cenas como estas, chegamos à negar à eles um status humano , não os consideramos iguais, e por isso alguns acham (espantem) que eles até merecem estar naquele estado, como se alguém almejasse se alimentar dos restos da sociedade, não só os restos de alimento,como também dos restos de amor e solidariedade que ainda restam em poucos quase humanos.

Depois de muitos anos, natais e reveillons não mudamos muito, desejamos somente o amor e felicidades pra quem conhecemos e nos estão próximos, e ainda abraçamos de bom grado a indiferença que berra ao nossos ouvidos, negamos a racionalidade e nos tornamos menos humanos à cada dia.

SERÁ QUE AINDA PODEMOS DIZER QUE SOMOS SERES HUMANOS?você ainda se inquieta...???

quinta-feira, 18 de dezembro de 2008

O vôo.


Não consegui mais olhar pra ela da mesma forma, não se lembrava mais desde quando havia sentido aquilo ,mas, parecia eterno. Enquanto pensava os postes iam passando, as pessoas passavam sem entender o porquê daquela velocidade toda.

Pensando bem, era loucura mesmo, 90km/h em uma estrada coberta de gelo era um chamado ao suicídio, no entanto, era a forma mais fácil e rápida de se distanciar do que ele tentava esquecer, e por mais que ele pisasse no acelerador e ouvisse as batidas do seu coração cada vez mais fortes sabia que aquilo ainda iria durar muitas e muitas noites.

Quando tentou fazer a conversão à direita quase bateu em uma Caravan, o motorista lhe xingou, mas que xingasse mesmo, agora mais nada lhe importava, apenas sentia que não tinha outra opção, sabe aquele momento em que não existe um plano B, e mesmo você não acredita no plano A, esse era o momento.

O plano A foi um verdadeiro fiasco, saiu da sala sem nem se despedir, passou em frente ao diretor ainda esbarrando e ouvindo os sussurros de risadas à suas costas, isso que lhe mais doía, saber que tudo que ele tinha pensado dela era apenas uma projeção do que ele verdadeiramente queria ver, e não da realidade triste e escura.

Sabia que o fim estava chegando, aquele era o ultimo ato de uma vida sem brilho, ato fracassado e finalístico em sua essência, quem sabe eles o entendessem, mas isso era pedir demais, pois , nem ele se compreendia, não sabia se aquilo era certo ou errado e muito menos mensurava as conseqüências do seu ato.

Entrou no inicio da ponte saindo um pouco de traseira, mas o que isso importa, aprumou o carro em direção à parte que julgava menos espessa na barreira de concreto e se foi,voando, apenas voando era o que pensava, e teve apenas tempo de contemplar o rio vindo em sua direção com sua cor cinza fúnebre tão ideal, voando.

quinta-feira, 16 de outubro de 2008

A CRISE. (AI GOD!!!!)


Converta-se!!!!!!!!!!!!!!!!

Converta-se!!!!! O mundo está acabando!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!
O clima nos últimos dias têm sido assim, é bolsa subindo, é bolsa descendo, é o dólar subindo é o dolar descendo, e cada vez mais a frase “pára o mundo que eu quero descer” faz sentido.

A crise nasceu nos EUA mas espalhou-se como a gripe espanhola pelos países que de alguma forma estão atrelados ao mercado financeiro americano, em outras palavras atingiu todo mundo (pqp), e atingiu também justo este pais de onde vos falo, este pais que passava por um momento sui generis de sua história, onde ouvimos diariamente do nosso querido homem barbudo que possui 09 dedos a frase : “nunca antes na história deste país...”.

Vai ter azar assim na china (?), comprávamos a pouco tempo televisões de LCD, carros ás pencas, iphones e etc... Agora amigo, a sorte estará do nosso lado se não precisarmos de uma pá carregadeira para comprar pãozinho na padaria, e se ainda existir a padaria...

Quem sabe voltaremos ao tempo de nossos antepassados, teremos que caçar nossa própria comida (to ferrado não consigo pescar nem em aquário) e fazer nossas próprias roupas com lã crua (ai sim to ferrado, o buraco da agulha ainda é um nível que ainda não alcancei).

Mas ainda há uma esperança, já começou a aparecer pelas medidas tomadas pela “rainha” da Inglaterra gordão braun e pelo presidente da desunião européia que para os íntimos é “nicolita”, quem sabe também ano que vem faça parte dessa liga da justiça o pop star Borat Obama (futuro presidente do EUA, que na verdade é o Denzel Washington disfarçad .

Mas por precaução já estou armazenando mantimentos, e construindo meu abrigo, o fim pode estar próximo, então pelo menos eu passarei por ele me empanturrando de batatas fritas, no ar condicionado e com TV á cabo!!!!

Obs: incrições pro meu abrigo mande emails para melkmonteiro@yahoo.com.br.
Tragam items básicos para resistir a hecatombe: batatas “pringles” e coca-cola”, DVDs piratas legais, resta um, “war” e CDs do calypso!!!.....rsrsrsr......

By melk.

segunda-feira, 13 de outubro de 2008

Escondido




Há quanto tempo nos esquecemos de nos olhar-mos no espelho, não nos vemos mais dorimos e acordamos com a imagem que projetamos de nós mesmos.

Negamos as marcas da batalhas vencidas e das muitas perdidas, procuramos evitar-nos para não descobrirmos nossas fraquezas e vicios, fingimos não tê-los, mostramos ao mundo uma face bem acabada, polida, escondemos nossos medo pois achamos que não somos dignos de tê-los e não temos a coragem suficiente para asumi-los.

Andamos á esmo , sem rumo a um fim no minimo melancólico e tardio, que não esperamos ou mesmo tentamos evitar ao máximo, já este mostrará nossa verdadeira face.

Criamos uma carapaça que nos isola da realidade que não observamos cara á cara , desviamos nosso olhar do que não acreditamos, negamos a relidade que não nos convén, murchamos a cada dia.

Quem sabe um lampejo faça-nos acordar e voltemos a nos sentir e evitaremos esse fim tardio e melancólico.

sexta-feira, 3 de outubro de 2008

Seja feliz! venha comigo!

Vamos! Pegue na minha mão sem medo do futuro e do desconhecido ele será apenas mais algum lugar que conheceremos, não temeremos o amanhã ,pois,sabemos que ele em pouco de ontem ao qual passamos ilesos e vencemos.

Andemos nesse caminho que pode até parecer longo e descobriremos que hoje é o dia de perdermos nossos medos, de derrubarmos as barreiras do tempo e do espaço que nos limitam á esse plano, e mostraremos ao mundo que não viemos para passear e sim para mudarmos essa visão retrógrada de que somos limitados.

Aprenderemos a novamente confiar uns nos outros, andaremos sem sobressaltos, olharemo-nos nos olhos sem desconfiança ou medo, desvincularemos cores e credos de nossos corpos e seremos apenas humanos, seremos iguais, seremos apenas carbono e água.

Descobriremos cores, texturas e gostos, nos quatro cantos do mundo sem prestarmos contas em barreiras sem tomarmos conta de muros e cercas.

Seremos enfim apenas humanos, homo sapiens, enfim felizes absortos em nossa insignificância no universo, enfim felizes, e que de uma vez por todas a eternidade nos esqueça!!!!!..


By melk

terça-feira, 30 de setembro de 2008

a verdade sempre aparece....

Há alguns dias atrás postei um texto em que atribuía grande parte do desmatamento aos assentados do INCRA e fui ironizado e até mesmo coagido á pensar ao contrário, no entanto ao ver hoje o jornal tive apenas a confirmação das minhas afirmações.

As vezes a verdade nem sempre é aquela que desejamos ver:

Segue aqui transcrito uma parte de uma reportagem retirada da internet:

Os assentamentos do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra) lideram a lista dos 100 maiores desmatadores da Amazônia, divulgada nesta segunda-feira (29) pelo Ministério do Meio Ambiente. As seis primeiras posições do ranking, que classificou os desmatadores pelo tamanho da área derrubada, são de assentamentos de reforma agrária, todos no estado de Mato Grosso. Juntos, os assentamentos do Incra foram responsáveis por mais de 220 mil hectares de devastação da Amazônia, área equivalente a 220 mil campos de futebol. “.

Está ai a resposta aos que pensam estar por dentro do problema amazônia e culpam unicamente os “demônios” dos pecuaristas ou plantadores de soja.

Vejam post: “a miopia do olhar sobre a amazônia”


segunda-feira, 22 de setembro de 2008

UMA ESCOLHA (4 vidas e uma noite).

A primeira ligação é feita, já é 20:00 mas o relógio corre contra todos e uma decisão equivocada trará conseqüências nefastas á todos, esse telefonema somente será o primeiro de muitos.

É 20:30 ,estou nervoso, a pessoa do outro cospe as palavras e é como se sentisse sua pulsação á kilômetros, a primeira opção foi logo descartada pelo grupo com a justificativa que era longe demais e precisaríamos de um “orçamento” maior para alcançar o objetivo proposto e pelo qual nos reunimos semanalmente.

O primeiro problema seria o transporte até o local que deveria ser previamente escolhido de forma “democrática” já que todos tinham interesses legítimos na cruzada que deveria ser executada, felizmente este problema foi rapidamente sanado, pois, um dos indivíduos do grupo teve o veiculo automotor de seu genitor á disposição.

Pelo menos um problema resolvido, já são 22:00 e o grupo ainda não entrou em consenso sobre onde iríamos atuar nesta noite, os locais á escolher são muitos e os interesses particulares de cada um ofuscam a objetividade e frieza necessária em escolhas difíceis e complexas como esta, todas as variáveis tinham que ser analisadas para que nada saísse errado, e eu não consigo entender como meus companheiros de “luta” não percebem que o protelamento da decisão apenas influencia na diminuição de um fator essencial ao alcance dos objetivos que é o tempo.

Ás 23:00 ainda sem a decisão definitiva decido me retirar temporariamente já que fui voto vencido nas propostas que apresentei, decidi conferir meu “equipamento”*1 com a responsável*2 pela manutenção ao qual passei instruções exatas de como manusear os equipamentos para evitar transtornos de ultima hora que inviabilize a jornada noturna á começar.

Finalmente! Ás 23:45 recebo as instruções finais do local do encontro, sem demora equipo-me, e me dirijo ao local escolhido em veiculo próprio que requisitei de ultima hora junto ao oficial superior*3, ao chegar lá decepciono-me logo na entrada, “puta que pariu”, de novo o “Barcelona”*4, e mesmo frustrado irei com afinco executar a tarefa ao qual me incumbi.

Hoje a festa terminará tarde e Baco*5 não ficará decepcionado!!!!!!


align="justify">*1:roupa.
*2: empregada.
|*3:meu pai.
*4: boate de belém.
*5: deus romano do vinho, e das festas!!!!!.


by eu

quinta-feira, 18 de setembro de 2008

1968, O ANO QUE MUDOU O MUNDO...(putz... somos caretas!!!)


Ao ler o livro da semana (OLHE AO LADO DO POST) percebi que somos muito caretas (nós geração fim dos anos 80 e inicio de 90), regredimos em muito, construímos tabus que mesmo não parecendo estão ai todos os dias, vemos o mundo de uma forma muito mais “pudoresca” que nossos pais ou mesmo os que viveram as efervescentes décadas de 60 e 70.

As pessoas nesses idos tempos tinham um sentimento de liberdade proporcionado por uma geração que experimentou na carne a 2° grande guerra e por isso sorvia cada dia como se fosse o último, viviam o “carpe diem” imortalizado por nossos poetas byronianos de forma intensa e pulsante, e nesse escarcéu nasceu uma geração única que sonhava em mudar o mundo ( e de certa forma conseguiram).

Ao ler o livro do Zuenir vi coisas que podem parecer absurdas nos hodiernos tempos, imaginem-se em Lisboa em plena “revolução do cravos” recebendo a visita de Gláuber Rocha (ilustre cineasta brasileiro), e este ao adentrar a casa imediatamente começa á despir-se totalmente já que só assim sentia-se á vontade, um quadro assim atualmente seria inconcebível, no entanto na época era a “vanguarda”, tudo tinha um significado oculto e de certa forma brilhante.

As pessoas colocavam cravos em fuzis, iam á lua, faziam woodstock, ouviam led zepellin Janis Joplin , jimi hendrix e Chico Buarque de Holanda , andavam de tangas de crochê (senador Fernando Gabeira) , liam “O Pasquim”, sabiam quem era de verdade “Karl Marx”.

Sim! somos caretas, a aids foi uma que nos pregou essa peça, nos toliu de vivermos o que a geração de 60 viveu, retrogredimos por medo justificado, estamos em um patamar onde o individualismo nos consumiu nos tirando um sentimento de coletividade pulsante que produziu na década de 60 uma cultura e um clima que jamais será repetido, ali nasceu e morreu a sonhada era de “aquarius”! pena!!! uma grande pena...

terça-feira, 16 de setembro de 2008

A miopia do olhar sobre a “Amazônia”.

obs: sei que vou receber muitas criticas mas é minha opiniao aliada á convivencia com os dois lados da moeda. (protesto contra a parcialidade das informações, se é pra dizer a verdade que seja dita integralmente sem cortes)

O olhar do mundo encontra-se voltado para a “Amazônia”, os slogans estão ai “salvem a Amazônia”, “vigiem a Amazônia” , “salvem os índios (coitadinhos!!) da Amazônia”, mas, afinal de contas, o mundo tem a visão correta sobre a Amazônia? Ou a visão mundial é míope olhando apenas um aspecto em isolado e analisando-o de forma incorreta ou parcial.

Nesse ultimo domingo ao assistir á um programa dominical que alardeava uma nova forma de “proteger” a Amazônia, por meio de um “clik” em um mapa gerado por satélites em tempo real onde os internautas fazem protestos contra as queimadas, geralmente fazendo de seus apartamentos no eixo centro-sul. Acredito que seja muito divertido fazer isso, clikar e ir dormir pensando que pelo menos “fiz a minha parte”, como em “The Sims” com a diferença de que este game é com “consciência ambiental”.

Não irei discutir a boa intenção dos internautas, no entanto a forma com que as informações chegam aos indivíduos que nunca tiveram contato com a realidade amazônica distorcem a verdadeira motivação da maioria das agressões ao ambiente amazônico, como um quase profissional da área vos afirmo que boa parte dos desmatamentos são efetuados por práticas errôneas nos manejo de pastagem (e não pelo avanço da pecuária), e pelas queimadas efetuadas por posseiros e em assentamentos do mst, em sua maioria esses indivíduos não possuem o escopo de conhecimento necessário para o manejo do solo correto e acabam por agredir o meio ambiente em face de “conhecimento” passados de pai pra filho.

Essa realidade é esquecida ou mascarada pelos meios de comunicação, a falta de assistência técnica é maior no que concerne aos colonos e assentados, pois além de existirem poucos profissionais dispostos á se embrenharem em meio á mata os colonos são muito resistentes á novas técnicas já que acreditam piamente que sua técnica (coivara) é a melhor.

Há também uma parcela pequena de pecuaristas que ainda não se utilizam de técnicas de manejo de pastagem que ainda se utilizam de queimadas como forma de reforma de pastagem, digo que esta parcela é pequena pois além de eles terem uma melhor assistência técnica (nós zootecnistas) a queima da pastagem é anti econômico e como um empresário da agroindústria sabe que seu produto será desvalorizado e terá prejuízos.

Em suma, a demonização dos produtores é um erro crasso, não são só eles que produzem a destruição da mata (na verdade são uma minoria),mas, poucos ou quase ninguém comenta as devastações produzidas pelos entes já comentados e muito menos estes são penalizados pois são protegidos pela mídia em geral que prefere fechar os olhos para estas agressões.

terça-feira, 9 de setembro de 2008

UM OLHAR



Quando permitiu-se levantar nem imaginava que apartir daquele momento nunca mais seria o mesmo, viu aquelas mãos lhe oferecerem ajuda e nem prestou atenção na dona de mãos tão pequenas mas em seu diminuto tamanho guardava uma ternura pulsante.

Olhou-a nos olhos apenas para agradecer-lhe a ajuda e desculpar-se pelo incômodo já que uma “queda” em cima de uma expectadora não é uma coisa para se orgulhar, no entanto aqueles olhos verdes profundos lhe enviaram á um mundo que até então não conhecia, e que por muito tempo não quis conhecer, e perdeu-se por um segundo neste novo mundo,desejando não estar “suado” e no meio de um jogo de futsal.

Foi acordado pelos gritos do treinador que lhe retirou abruptamente daqueles profundos olhos verdes, no entanto não conseguiu se concentrar mais no jogo, desejando que aquilo acabasse logo, sua mente cheia de planos vagava por um mundo que naquele momento parecia a única alternativa , prometeu mudar , ia cortar o cabelo (ou será que ela preferiria longo e desgrenhado como estava), lavar de vez em quando seus sapatos (dois pares de sapato rotos e gastos).

Enquanto o treinador falava (e ele não ouvia) nas instruções para o segundo período ficou pensando em qual presente lhe dar no primeiro aniversário de namoro, ficou em dúvida entre trufas e rosas (muito comum pensou), voltou do vestiário triunfante, vou levá-la ao parque dar-lhe trufas e rosas (lugar romântico+ chocolate+rosas= sucesso!!!!).

Ao fim do segundo período percebeu que perderam o jogo (putz!!!!), olhou para aquele segundo patamar da arquibancada onde ela estava, não a viu, procurou, não a encontrou, e agora , aquele minuto eterno em que ficou absorto querendo perder-se nos naqueles olhos verdes lhe voltou à memória, e ele sabia que não voltaria ao normal (e não queria mesmo) se não a encontrasse.

To be continued.....

By melk

sexta-feira, 5 de setembro de 2008

Um laço inquebrável.


Nossa vida nesse terceiro planeta depois do sol é curta (clichê), então devemos nos ater em coisas que verdadeiramente nos tragam felicidade, algo verdadeiramente importante, um destes fatores de real importância são nossos amigos, essa pessoinhas que ás vezes odiamos, mas, sabemos que morreríamos por elas.

Acredito piamente no brocardo “os amigos são a família que a gente escolhe”, esta frase é verdadeira em todas suas nuances ou significados ocultos, escolhemos nossos amigos não por critérios lógicos ,pois, estes são frios e pouco eficientes e na maioria das vezes amigos escolhidos por meio destes critérios nos decepcionam já que a vida não é lógica e sim contraditória e insensata e por isso interessante.

Os amigos são pessoas que sempre estão e estarão ali caso sua presença seja indispensável, em momentos tristes ou felizes, de farra (muita farra) ou de fossa, são pessoas com quem passamos tantas coisas que as dificuldades dos percalços da vida criaram laços uma espécie de “irmandade”.

Amigos são aqueles que na faculdade estudaram para fisiologia animal I e II genética I e II uns na casa dos outros virando noites á base de coca-cola+guaraná+café, e que dormiram 20 minutos antes de sair pra faculdade naquele quarto apertado, que viajaram este Brasil de deus em nome da “zootecnia” e parando no caminho dos congressos para testar tudo que é produto que contivesse algum teor etílico (se lembram do absinto??), são aqueles que já chamam a mãe um dos outros de “tia” e que chegam uns nas casa dos outros e já tem aquele lugar na mesa para comer aquela comida famosíssima da vovó, que carregaram alguém (naty a tocha olímpica) muito bêbado por alguns kilômetros após o forró e ainda tiveram forças de “furar” uma festa de uma empresa pública (cosampa) jurando que eram filhos dos dono, que fizeram baderna na piscina do condomínio de madrugada, que sabem como anda o humor apenas pela roupa que estão usando, que sabem o que o outro está passando só pelo olhar.

Enfim estes são amigos, meus amigos.... chatos,arrogantes, bêbados convictos e inveterados mas meus amigos....

OBS: AMIGOS ZOOTECNIA-UFRA 2005 PARA SEMPRE “LOS MEXICANOS”.

quarta-feira, 3 de setembro de 2008

O epitáfio da perfeição




A sociedade hodierna chegou á um nível de desenvolvimento tecnológico nunca antes imaginado, podemos mandar uma sonda aos recantos mais escondidos do universo , podemos nos comunicar instantaneamente mesmo distantes milhares de kilômetros, mas essa perfeição está nos minando á cada dia nos tornando seres previsíveis e chatos.

O desenvolvimento tecnológico parece que atingiu e cheio a psique humana, forçando-nos a sermos perfeitos em tudo, temos que ter dois ou três diplomas de ensino superior (tenho quase dois) falar inglês, espanhol e agora mandarim, devemos ser saudáveis, felizes, vegetarianos, politizados, temos que ter ereções de horas (aff!!!), temos que ser verdadeiros ginastas na cama (minha coluna dói só de pensar no kama sutra)!!!.

E a todo dia somos bombardeados de noticias que nos levam á pensar que sim devemos ser vegetarianos, fazer mais sexo, quase toda a semana surgem: “comer brócolis faz bem” (então como tu seu merda!!), “fazer sexo todo o dia aumenta a expectativa de vida em dez anos” (pô as profissionais do sexo então são imortais???).

Em todo o lado vemos mulheres magérrimas, homens de dois metros de altura por dois metros de largura (durateston!!) mostrando um sorriso largo como se fossem superiores aos baixinhos gordinhos.

Essa geração “saúde” tenta arrebatar cada vez mais adeptos para si, e eles estão ganhando essa batalha, exemplo disso são as academias lotadas de pessoas de 15 à 80 anos, principalmente os mais jovens que buscam perder kilos ou ganhar uma montanha de músculos, estes são consumidores vorazes de “suplementos” (anabolizantes) mais novas artes marciais equipamentos de musculação.

A perfeição está nos limitando, está nos tornando chatos, previsíveis, em pouco tempo poderemos perguntar á qualquer um : o que você faria se este fosse o último dia da terra?, e teremos como resposta, : iria para a academia,ora!!

E veremos futuramente nos epitáfios do “homem perfeito” caso continuemos neste passo a seguinte frase: “aqui jaz um homem que falava inglês,alemão,francês e mandarim, tinha uma Mercedes, duas amantes, levantava 150 kg no supino, mas acima de tudo que completou sua “série” de exercícios antes de ir malhar na academia do céu.”

obs: eu malho quando dá na telha,o que significa 3 vezes por mês).....

Bi melk,

segunda-feira, 1 de setembro de 2008

The Office

A epopéia de um escritório de advocacia (óptica de um estagiário)

Episódio 01- O cliente
O cliente é um fator essencial no funcionamento de qualquer negócio, seja ele do ramo de serviços comerciais ou intelectuais, este “ser” será responsável pelo sucesso ou total fracasso do empreendimento já que será o termômetro financeiro.

Como em todo empreendimento, dentro de um escritório de advocacia há tipos de clientes típicos que se fazem inesquecíveis, há os problemáticos, os paranóicos, os incompreendidos, os chatos,os carentes etc...

Sem citar nomes (ética!!!) começarei pelos problemáticos, estes seres têm uma facilidade impressionante para se meter em problemas, á cada semana estão no escritório, seja para informar sobre uma nova pendência judicial, seja para questionar o trabalho dos advogados, sempre estão insatisfeitos, não entendem que advogados não é deus (juiz pensa que é deus, desembargador tem certeza que é!).

Os paranóicos sempre acham que estão lhe perseguindo, se o juiz decidiu em contrário aos seus anseios é por que ele estava comprado, ou mesmo que o advogado estava comprado, acredito que andam pela rua sobressaltados com méd até da própria sombra.

Os incompreendidos são os que põem toda a culpa no “mundo” ou na “sociedade” estes nunca deram causa aos resultados que lhes são atribuídos (versão deles), quando muito aceitam meia culpa, quase sempre perdem a causa!.

Os chatos são em suma na maioria das vezes a soma de incompreedido+problemático+paranóicos.

Os carentes são pessoas que acham que advogado é psiquiatra (devemos aumentar a hora/consulta) sempre estão no escritório descarregando suas mazelas, (como se não tivéssemos as nossas), pedindo aconselhamento até sobre o que vestir!!!!

Existem outros tipos mil....

Obs: tem um muito engraçado, eu nunca entendo nada o que ele está falando, até hoje só sei o nome dele, ele fica conversando muitos minutos comigo, eu apenas sorrio e concordo com tudo que ele diz (por educação)....

quinta-feira, 28 de agosto de 2008

Nossa infância

Nossa infância passa tão rápido, que um dia acordamos pensando que devemos nos arrumar pra ir pra escola, e por um minuto pensamos em gritar “Mãe!!!! Acodei”, ai nos lembramos que crescemos, a escola há muito ficou pra trás, as brincadeiras que fazia-mos não seria nem um pouco apropriada para homens da nossa idade.

Enquanto somos crianças rezamos á deus pra crescermos!!! Ledo engano nosso, nem imaginamos que essa época será a mais saudosa de nossa passagem pelo 3° planeta depois do sol.

Vocês como eu devem lembrar-se dos amigos da escola, aqueles que empurraram muitas vezes você, aqueles que um dia foram à sua casa ver o ultimo episódio daquele desenho muito legal (jiraia, yu-yu hakusho, ultraman e outros!!), lembram-se quando brincavam na rua de pega-pega, de fiutebol, devem lembrar daquele garoto que era o melhor da rua, aquele mesmo que todos queriam no seu time.

Quem não se lembra do 1° dia de aula depois das férias, o cheiro de caderno novo, aquela saudade dos amigos que é preenchida pelos relatos de cada um das peripécias das férias, á, quem não se lembra dos nossos brinquedos, esses sim merecem um post especial.

Tive um “velocípede” azul vermelho de rodas azuis que para mim era a coisa mais rápida do mundo principalmente nos “pegas” que eu sempre ganhava do meu irmão descendo a ladeira perto de casa, depois veio minha “caloi” cross, essa sim era meu orgulho, foi com ela que aprendi á andar de bicicleta, aprendi primeiro á andar em linha reta, a curva eu fazia parando a bike e virando-a para prosseguir, até que um dia (lá pelos quinze anos rsrsr) consegui como por um milagre dobrar a esquina , pra mim foi a coisa mais importante, corri para esperar o pai voltar do escritório para dizer-lhe o quanto o filho dele já tinha evoluido e domado a máquina.

É, todos temos essas lembranças que só damos valor quando as responsabilidades nos lembram que um dia acordávamos com a única preocupação de chegar cedo do colégio para ter mais tempo para brincar.

Obs: não quero mais brincar de ser adulto!!!!!!!!!

terça-feira, 26 de agosto de 2008

Brazilian Dream and Brazilian way of life.


O Brasil sempre teve o estigma de “pais vira lata” como brilhantemente definida pelo saudoso Nélson Rodrigues, estivemos sempre atrelados á uma história cheias de paradoxos um país de dimensões continentais que por uma força oculta se manteve por séculos no ostracismo econômico e social, em suma um pais que “nem fedia e nem cheirava”.

Esse estigma no entanto está aos poucos sendo quebrado pela onda de otimismo e consumismo que empurrou a economia ladeira acima, apartir de um quadro internacionalmente propicio que fomentou investimentos em todo o território nacional alavancando pela primeira vez na história a renda dos mais pobres, sendo que, muitos desses indivíduos se tornaram a nova classe média (bem que uma classe média ainda bem baixa) que está sendo disputada á tapas pelo mercado financeiro.

Esta nova classe segundo alguns economistas alcança um número de 100.000.000 de Brasileiros ávidos por consumir, comprando carros (este sim sentimos todos os dias com os engarrafamentos homéricos) roupas de marca e casas em prestações á perder de vista, fechamos os olhos para os juros e abraçamos felizes os diabos das financeiras, pagando estes bens quase sempre em 5,6 ou 7 incertos anos.

Ai surge o Brazilian way of life dentro do sonho brasileiro de ser um país de 1° mundo, desde sempre fomos “o pais do futuro” e hoje nos dizem que somos o do presente, e nem uma crise como a que está ainda atingindo o mercado imobiliário americano freia os índices de vendas, onde vemos dia-a-dia recordes de venda de bens duráveis (carro eletrodomésticos etc...) sendo quebrados.

No entanto para todo sonho, há um pesadelo, e para nós este pesadelo se chama “taxa de juros”, a taxa de juros é um fator de tal importância dentro da economia nacional dado a volatilidade deste índice e a preferência nacional por compras a prazo, sabemos que (ao contrário das olimpíadas) somos campeões mundiais.

Os juros altos têm como principal fator o perigo de estimularem a inadimplência causando um efeito dominó dentro da economia nacional, a queda deste é um sonho de todos, no entanto, os juros só vão cair de forma sustentada e crescente se o governo controlar a inflação, cortar gastos e gerar superávits para reduzir a dívida pública. Daí a importância das reformas, principalmente da Previdência Social, que visam diminuir o dramático déficit público.

Em suma esta situção econômica sui generis espanta alguns economistas e deixa outros temerosos, no entanto quem mais está radiante são os políticos da situação que “surfam” na onda dessa “bolha” econômica, no entanto como toda a “bolha” um dia explode devemos ter cuidado com os resultados e prognósticos espantosamente positivos para que os avanços vistos nos últimos meses não retrocedam e percamos mais algumas décadas de crescimento econômico sustentável.

terça-feira, 19 de agosto de 2008

O grande circo Brasil Apresenta... O otário eleitoral gratuito


O esperadissimo horário obrigatório (que palavra maldita!!!!) eleitoral gratuito vai estrear hoje em todo o país apresentando ao povo os candidatos á prefeitura e as câmaras municipais.

Este instituto têm a ojeriza da maioria dos brasileiros, no entanto este tem como escopo funcional não só divertir os telespectadores com a apresentação de candidatos com nomes engraçados, e vinhetas idiotas, mas, também apresentar os futuros furtadores do “nosso” bolso, assim nada mais óbvio que escolhamos os melhores para que estes sejam competentes no que não fazem.

O horário eleitoral originariamente foi instituído pela lei Nº 4.737, de 15 de julho de 1965, que criou o Código Eleitoral Brasileiro. Os horários eleitorais são veiculados em dois períodos na televisão: um das 13h às 13h25m e das 20h30m às 20h55m. No rádio, é das 7h às 7h25m e das 12h às 12h25.

Originariamente criado para apresentar aos eleitores os candidatos participantes do pleito e fornecer condições iguais à estes dentro do embate o horário tornou-se nos últimos anos um verdadeiro “circo”, onde, observamos desde nomes de candidatos estranhíssimos e com produções ainda mambembes contrastando com campanhas faraônicas dignas de hollyhood.

A divisão do tempo que cada um possui é majorada de acordo com o percentual de votos obtidos na ultima eleição, esse fator elenca um tempo maior para os partidos com maior expressão política, legando aos partidos “anões” segundos preciosos ao qual estes aproveitam de maneira quase sempre muito estranha, com nomes estaparfúdios e slogans dignos dos anais históricos.

Enfim, teremos mais uma vez uns dizendo que tudo está uma “merda” que estamos em um novo “Vietnã”, e outros dizendo que tudo está “lindo” como nos comerciais da coca-cola ou nos comercias de margarina, então em quem acreditar???? No Jeremias é óbvio!!!!!!

Obs: eu apóio o “Jeremias” incondicionalmente em qualquer pleito seja para prefeito,vereador ou o bêbado do ano , este sim é gênio, VIVA O JEREMIAS PARA PRESIDENTE DA REPÚBLICA TUPINIQUIN!!!!!!!

segunda-feira, 11 de agosto de 2008

O menino invisivel


É mais um dia na vida do menino invisivel, que acorda todos os dias na sua casa de papelão ao som funesto do trânsito pesado que passa ao redor da praça onde dorme, ainda deitado observa ao lone um garoto igual (fisicamente) à ele, no entanto este parece ir à escola, lugar que o menino invisivel possivelmente nunca conhecerá.


Ao despertar desses penamento inúteis ele tem que guardar sua casa (caixa de tv que encontrou no lixão) rapidamente, antes que os caras (policia) cheguem, o encontro recente com os "caras" ainda doem em sua carne, sem saber apanhou uma noite inteira, mas, no fundo ele sabia sim por que tinha apanhado,foi esbofeteado pois nasceu mulato pobre e mirrado, filho de uma mulher da vida (aquela puta!!!pensa ele) e um bêbado.


Ao levantar-se seu estômago logo lhe lembra que já faz dois dias que ele não come nada, ainda soma-se ao sono de quem não dormiu direito (maldita chuva!), procura o "vão" da pilastra para esconder sua casa e pegar seu maior tesouro, que construiu com as próprias mãos, sua "banqueta" de engraxate, a única coisa que verdadeiramente ainda ama.


E o menino invisivel se vai em direção ao centro da cidade, e mais uma vez as pessoas passam por ele como se ele não estivesse ali, sente-se vergonhoso, mas sabe que a vergonha maior não é dele, é da sociedade que o rejeita, que ainda tácitamente permite que pessoas (será que ele é uma pessoa) vivam na penúria.


Só assim esquecendo que eles podem dormir em suas casas confortáveis ignorando os que estão no frio e com fome passando ao longe ao encontrar essa realidade que eles preferem esconder.


No entanto o menino invisivel não sente ódio deles, sentimentos como ódio e amor não lhe são mais habituais, ele nem se lembra o que isso significa, o que lhe dói mesmo é a indiferença, sabe ele que se amanhã amanhecer vitimado de uma chacina efetuada por um grupo de exterminio ou se morrer queimado por um grupo de "playboys" delinquentes niguém pranteará por ele, mas, quem sabe pelo menos assim em uma página policial ou em um necrotério alguém o olhará bem nos olhos, e verá que ele nem sempre foi um menino invisivel...


obs: quem sabe, voce pode ter passado hoje por um menino invisivel, amanha preste atenção nele, quem sabe pode ser a ultima vez que você o veja....


by melk

by melk


sexta-feira, 8 de agosto de 2008

we are broken

Onde estamos se não no fim do caminho ao qual involuntariamente entramos
Não posso mas enxergar você, apenas a escuridão me abraça sem me deixar respirar
Ainda tenho um fio de esperança, mas ele se vai como um raio de luz se perdendo na escuridão
E tudo que vejo são os cacos de que um dia foi um sonho, quebrado hoje se espalham por onde um dia estivemos, sem medo continuo, mas sem você que farei para recobrar a consciência, onde devo ir, se pelo menos soubesse o quanto você me fez mal, e o quanto me faz bem
á o fim, é apenas o fim, a renovação, que á cada minuto se aproxima de mim.

terça-feira, 5 de agosto de 2008

Eleições na terra sem lei (Pará, meu estado).


obs 01: as idéias aqui expostas são frutos da minha convivência próxima com politicos do interior deste estado(meus familiares e amigos) que fazem parte do meu circulo social e familiar.



O pleito em minha cidade natal (na qual vou em feriados e férias) possui certas peculiaridades que fogem ao entendimento de comum, e são dignos de um folhetim novelhesco da globo.


Inicialmente, quase todos os candidatos possuem certo nivel de interação social entre si, mesmo os que militam em partidos e coligações radicalmente contrárias, chegando ao ponto de ferozes inimigos politicos serem padrinhos no sentido "stricto" dos filhos uns dos outros, no entanto essa é apenas a face cômica de um "iceberg" constituido também de manobras politicas escusas e práticas eleitoreiras dignas do coronelismo.

A vida no extremo norte do Brasil ainda anda devagar em todos os sentidos, a tecnologia e as inovações são uma "realidade" distante aos que lutam para sobreviver, é desse lócus vivendi que a maioria dos politicos se aproveita para criar verdadeiros "currais" eleitorais, onde votos são trocados por uma rede, uma rede de pesca, ou um punhado de farinha de mandioca, e (pasmem) alguns chegam á distribuir "drogas" em troca de votos da massa marginal.

A consciência politica dos moradores principalmente das cidades pequenas encrustradas em meio à floresta é minima, estes acreditam que o bom politico é o que lhe dá "dinheiro" ou outro produto qualquer, e nada mais justo votar neste "bem feitor", não importando o que este irá fazer para melhorar sua vida nos próximos 4 anos (ou mais), isso provoca verdadeiras dinastias na politica, onde os cargos passam de pai para filho, ou mesmo um individuo tomando conta do poder em vários mandatos, isso torna a corrupção crônica e até aceitável, já que no decorrer dos anos estes individuos acabam por sofisticar os meios de ludibriar o "povo".

O individuo que tenta modificar essa realidade encontra inúmeras dificuldades, haja vista, que o assistenciliasmo eleitoral já tornou-se um "ser" simbiótico com a corrida eleitoral, e as "forças" ocultas que agem na politica acabam esmagando qualquer tentativa de mudar esse quadro, e estes seres que dominam a politica mantêm seu poder impedindo o acesso digno aos seus conterrâneos á saúde e educação, pois,não é de seu interesse que o povo adquira o conhecimento e tenha forças para lutar contra esses desaforos à democracia.

Assim vamos vivendo, vendo ações que não podemos questionar, vendo pessoas sem escrúpulos aproveitando-se da ignorância alheia, obervando inocentes morrerem de fome, sem escolas dignas, e sem saúde. Esse é o Brasil , esse é o Pará terra de direitos(slogan do Governo do Estado)!!!.



BY MELK

O Coronelismo Parauara (mais uma do estado do Pará).

quarta-feira, 30 de julho de 2008

Ao som de the swell season


Enquanto mais um dia nasce, mais uma vez acordo sem você, mais uma vez a distância nos aflige sem piedade nos transformando em meros expectadores de nossa dor, por que você não me entende e volta, enquanto há tempo.


Por isso meu coração ainda sangra e ainda fico recluso nos dias de chuva, ainda procuro nos parkes nossas lembranças, nos bancos, nas rosas ainda nos vejo em cada canto e fotografia.


E você onde se encontra quando tomei esse caminho, me deixou continuar, afastando-me e nos destruindo, enquanto tudo expodia e se reconstruia ao nosso redor, tudo mudou, não sei mas voltar, o caminho mudou, nem sei se lembro mais do seu rosto.


Enquanto hoje no parke, sei que eli fomos felizes, sei que ali fomos verdadeiros, nos despimos de todos as nossas armaduras e nos entregamos sem limitações, nossas almas foram uma só, fundindo-se pra sempre, e assim sei... que um dia...um dia.... você voltará por aquela porta por onde saiu, como se nunca tivesse nos deixado.





by melk

post: apenas com licença poética.



visitem:http://www.myspace.com/theswellseason




terça-feira, 29 de julho de 2008

Direitos Humanos para Todos JÁ!!!!!!!!

Os direitos humanos como matéria constitucional vêm tomando uma vultosa importância dentro do nosso ordenamento e principalmente em tratados internacionais que visam proteger a Humanidade de Abusos e injustiças e crueldades acometidas á pessoas, povos, ou castas.

Nesse âmbito de pensamento avançamos muito nos ultimos anos em relação á criação de leis e desenvolvimento de mecanismos de proteção dos direitos humanos principalmente com a participação efetiva da sociedade civil organizada, no entanto mesmo com todos essas vitórias ainda encontramos países que utilizando-se como subterfúgio justificador sua religião ou cultura , essa corrente é conhecida como "Relativismo cultural".

O relativismo cutural é ainda um empecilho para os avanços dos direitos humanos em países que ainda aceitam ou normatizam práticas que vão de encontro aos direitos que toda a humanidade deveria usufruir, sem estigmatizações religiosas, o "mundo muçulmano" ainda é o principal bastião do relativismo, principalmente justificando esses atos de extrema crueldade sob à égide dos preceitos religiosos impetrados no Alcorão.

Exemplos de práticas DESUMANAS que ainda subsistem mesmo no século XXI são a mutilação genital feminina (MGF) praticada ainda hoje em paises da África , do Meio Oriente e Ásia, essa prática consiste em uma mutilação covarde efetuada com a remoção de todo ou de parte da genitália feminina, essa prática não traz apenas perigo à vida da mulher haja vista que predominantemente é feita em locais sem condições sanitárias e sem anestesia mas também afeta de maneira irreparável a mulher que ainda menina é submetida á essa prática horrenda provocando nesta profundos trantornos psiquicos e forte abalo moral e emocional. Outra prática vil é o chamado "estupro coletivo" , que também é muito comum em paises islâmicos, onde em um passado recente tomamos conhecimento por meio da imprensa mundial de um caso no Paquistão, onde uma garota "MUKHTAR MAI" foi estuprada foi condenada ao estupro coletivo por um crime praticado pelo seu irmão!!!Após pressão internacional os acusados foram á julgamento e absolvidos em 1° instância,os acusados somente foram condenados quando organizações e governos internacionais presionaram fortemente o governo Paquistanês.

A discussão sobre as diferenças culturais é totalmente válida, no entanto, não podemos nunca utilizar-mos desse quesito para justificar atrocidades injustificáveis, a religião não foi feita para punir o HOMEM e nem para ser justificativa de chacinas e crimes, e muito menos as culturas construiram-se sobre o sangue de inocentes.

Destarte devemos sim!! continuar lutando para a implementação irrestrita dos direitos do homem, dos direitos que todos sem distinção devem não somente posssuir na teoria e sim praticá-los em seu dia-a-dia.

obs: Item 5° da convenção de Viena de Direitos Humanos "Embora particularidades regionais devam ser levadas em consideração, assim como os diversos contextos históricos, culturais e religiosos , é DEVER DO ESTADO promover e proteger todos os direitos e liberdades fundamentais, independentemente de seus sistemas politicos , econômicos e culturais".
by melk!!!

segunda-feira, 28 de julho de 2008

Um fenômeno, (que não sabe jogar futebol!!)




O candidato à presidência dos EUA (diga-se presidência do mundo) Barack Obama do partido democrata é verdadeiramente um fenômeno global, você certamente já se pegou em uma roda de discussão cujo o assunto central foi o nome desse advogado formado em Havard, e desde muito cedo militante em causas sociais.




O homem que ocupará pelos próximos anos a casa braca terá como herança do nosso querido George w. Bush (vulgo "Bushinho") uma economia em crise, algumas guerras no minimo questionáveis e uma impopularidade sem precedentes junto à comunidade internacional.




Em meio á esse "futuro nebuloso" da maior potência mundial que á cada dia se sente mais ameaçada pelos "paises em desenvolvimento" e pelo gigante chinês surge um personagem que arebata á todos como em um filme da Universal Pictures, que agrada homens, mulheres,gays,negros e anões (esses sim os mais dificeis de conquistar).




Barack Obama esse nome não muito usual entre os "yankees" faz tremer os lideres republicanos toda vez que é pronunciado, inicialmente Obama era considerado um azarão já que estava concorrendo Hilary Clinton, mulher que já foi 1° dama e que conseguiu mesmo após um escandalo mundial manter sua familia e construir uma sólida carreira politica, após vários embates Obama saiu vencedor e fortalecido dentro da comunidade internacional.




A imagem de Obama se ligou rapidamente à um Homem com sólida formação acadêmica e social, com um arcabouço cultural invejável , essas carateristicas aliadas á um discurso politico conciliador e reformador agradou em cheio vários setores não só americanos , como também mundiais, ele se tornou um Ícone pop, virou moda torcer pela vitória de Obama, exemplo maior desse movimento foi o espetacular "comicio" em Berlim e o encontro com Sarcozy presidente da França.




Para reverter o atual estado de euforia que os partidários de Obama estão em relação á uma vitória quase certa MCaine terá de ter uma cartada impressionante, pois se não, as previsões dos inumeros filmes de Hollyhood que mostram quase sempre um "negro" ocupando a Casa Branca virará finalmente uma realidade, e queira deus que Obama não seja mais um engodo americano.










quinta-feira, 24 de julho de 2008

A lei seca (pelo menos para os mortais)


A Nova Lei 11.705, que altera o Código de Trânsito Brasileiro, deve provocar uma mudança de hábitos da população brasileira, a chamada lei seca diminui de forma drástica a quantidade de alcool que o individuo pode consumir e dirigir, antes do advento dessa lei era permitido o consumo de até 6 decigramas de álcool por litro de sangue (o equivalente a dois copos de cerveja) e hoje passou à ser atuais 0 decigramas por litro de sangue permitido, ou seja,não se pode ingerir "nada" de alcool.


Essa nova lei é apenas mais um engodo, uma forma de "engordar" caixas . Não irei discutir aqui os efeitos da (que na minha opinião estão sendo superestimados) lei que sim foram benéficos, mas, sim se alguns aspectos de sua criação foram válidos do ponto de vista legal.



Em primeiro lugar a lei anterior que definia o limite em 8 decigramas é a mesma utilizada em paises desenvolvidos como EUA e UK, a diferença é que nesses paises há uma fiscalização rigorosa, as autoridades fazem cumprir a lei e os limites determinados na norma, já na terra Tupiniquim sabemos que as fiscalizações são esparsas tanto do ponto de vista temporal quanto geográfico, além do que se a pessoa "parada " for autoridade será certamente liberada (carteirada) ou se tiver dinheiro será liberada mediante colaboração monetária com a autoridade policial (propina) já que estes coitados ganham tão pouco.




O problema do Brasil é que temos a ilusão (que é fomentado por vários meios de comunicação jornalisticos e juridicos) de que não hà leis, ou que devemos tornar as existentes mais rigorosas, ledo engano nosso, o Brasil têm leis muito avançadas, tanto prova a nossa lei de execução penal, o problema maior do nosso pais reside sim na falta de disposição governamental em fazer cumprir as leis, exemplo são nossas cadeias lotadas, nossas crinças trabalhando ou se prostituindo.



A lei seca é um engodo ,pois, seria alcançada resultados iguais ou superiores aos auferidos atualmente se a lei anterior fosse cumprida por meio de fiscalização rigorosa aliada à investimentos públicos em construção e manutenção das vias públicas por meio dos recursos auferidos com arrecadação de impostos como o IPVA que pagamos todos os anos mas não vemos o resultado.



O problema agora vai ser o "depois" desse afã criado pela midia em torno da lei, com espetáculos que vemos todos os dias de pessoas indo para a cadeia, sendo fichados, com certeza em pouco tempo veremos um lei sendo esquecida ou modificada, como o que está ocorrendo na Rússia que adotou a mesma politica do Brasil, mas acabou voltando atrás (eles gostam mto de vodka) e aumentando o teor de alcool permitida.


Portanto na minha opinião a lei seca apenas foi a forma com que alguns parlamentares encontram para mostrar que "trabalham" naquela cidade no centro de um país que não pode ser levado à sério.


OBS: ainda bem que o presidente "viajando na 51 lula da silva" tem motorista,pois, se não, este estaria em maus lençóis, mas, pensando bem se o presidente pode dirigir o pais bêbado, por que com um copo de cerveja não posso dirigir???rsrsrrsrsr!!!!(apenas uma galhofa despretenciosa)...


by melk.....





segunda-feira, 21 de julho de 2008

Uma verdade inconveniente.


A última operação da policia federal em Roraima mostra o descaso com que ainda são tratadas as crianças dentro da nossa nação, e que mesmo após 18 anos da promulgação do ECA (estatuto da criança e do adolescente) os direitos impetrados no aludido estatuto ainda estão longe de serem usufruidos por nossos jovens.


Na operação que prendeu dentre outros figuras importantes o procurador geral daquele estado,esse fato mostrou que essas atividades são fomentadas em sua maioria por pessoas com o "poder" econômico e politico necessário aos possiveis ônus oriundos dessa prática delituosa, além do que pelo demonstrado nos autos confeccionados durante a investigação percebe-se claramente que para a consecução dos fins desejados os delinquentes tiveram que construir uma sórdida rede que proporcionasse à eles a segurança para a prática delitiva.


As práticas desenvolvidas pelo grupo que apresentan-se detidos mostram a ousadia com que estes elementos atuavam, buscando as crianças até em sua sala de aula, mostrando uma nitida falta de respeito com às autoridades e instituições Brasileiras.


Esse tipo de noticia tornou-se infelizmente comum em nossos noticiários, sendo que, não sabe se esta prática está aumentando ou se a fiscalização está mais rigorosa, o importante é entendermos que não só as pessoas que praticam sexo diretamente com menores são as responsáveis pela exploração sexual infantil, mas também, os que no conforto dos seus lares passam horas na internet procurando material pornográfico infantil, pois, esses são a esmagadora maioria que (felizmente ou infelizmente) não têm a coragem (leia-se leviandade) necessária para darem vazão aos seus desejos deturpados e acabam por mantêr "virtualmente" as redes de de exploração sexual infantil.


Destarte em face dos casos mostrados, devemos apertar cada vez mais o cerco ao "mercado" da exploração sexual infantil, não aumentando as penas, já que sabidamente esta é uma medida paleativa, mas sim, com o tratamento dos delinquentes, seja por castração quimica (o que sou totalmente à favor) ou por tratamentos psiquiátrico com constante monitoração dos passos dos individuos com histórico de abusos, para evitar sua aproximação em locais onde possiveis abusos possam ser novamente cometidos.


by melk :-)


quinta-feira, 17 de julho de 2008

O GRANDE EQUIVOCO.




Estamos nos aproximando das eleições, decisões importantes serão tomadas por meio sufrágio que refletirá em nossas vidas nos próximos 4 anos, no entanto, hodiernamente vemos uma inversão de direitos embasadas em justiça politica que inviabiliza o usufruto de vários direitos impetrados em nossa magna carta.

Apartir de Janeiro do corrente ano observamos uma avalanche de informações de certa forma utilizadas como engodo para convencer os eleitores e cidadãos do papel importante (o que eu não quationo) do Ministério Público dentro do já conhecidissimo e muito comentado "estado democrático de direito".

O STE (superior tribunal eleitoral) decidiu em Janeiro aceitar a candidatura de politicos com processos tramitando em alguma instância judicial ou administrativa, sendo que,essa decisão passou de forma apertadissima no pleno do STE por 5 votos à 4, destacando-se que o voto do presidente foi voto vencido.

No entanto ao tomar essa decisão o STE foi duramente criticado por vários membros da midia nacional e principalmente pelo estardalhaço feito pelos membros do MP. Esse panorama mostra a inflência deturpadora de determinados meios de comunicação que para mostrarem que são "esclarecidas" politicamente e em conluio com determinados setores do MP acabam por alijar determinadas pessoas do direito constitucional de exercer atos de cidadania, dentre eles o direito de votar e ser votado.

Hà um grave erro no pensamento utilizado pelos mebros do MP, pois, uma pessoa que possue um processo e este não está transitado em julgado (ainda se pode recorrer) não pode ser considerada culpada, já que instância superior poderá absolver este individuo,mesmo que este tenha sido condenado em primeira instância, assim segundo o pensamento que defende a impuganção de candidaturas pela simples existência de um processo contra um candidato é claramente uma forma obliqua de desprestigiar direitos impetrados na constituição, a aplicação deste nefasto pensamento inverte o brocardo juridico da presunção de inocência, transmutando-o para presunção de culpabilidade.
Esse resultado é temeràvel dentro do estado democrático de direito,pois, com a justificativa de extirpar maus politicos do serviço público poderemos cometer o ilicito de privar um individuo de direitos garantidos constitucionalemente, mas, que fique claro, a questão refutada aqui é referente à processos ainda em tramitação que ainda não transitaram em julgado, pois, se o individuo foi condenado em última instância em processo referente á um mandato anterior como os referentes à peculato e improbidade administrativa e está cumprindo sentença,nada mais óbvio que estes (somente estes) sejam impedidos de candidatar-de enquanto não adimplirem totalmente com sua divida perante a sociedade

Em suma quem tem o poder de decidir quem vai tomar assento em camaras ou prefeituras é o eleitor, este sim deverá analisar cuidadosamente seu candidato, pois, pois, é um direito do candidato pleitear um cargo público, mas, antes de tudo é nosso dever escolher os melhores para serem os representantes do "povo".
by melk. neste post na opinião de um estudante de direito.

quarta-feira, 16 de julho de 2008

Á como é bom fazer o número dois no Brasil.....




A EXCREÇÃO SEGUNDO KHOMEINI


O líder iraniano Ayatollah Ruhollah Khomeini sintetizou, em três ensaios, as prescrições religiosas e sociais que são impostas até hoje pelo governo teocrático de seu país.Os ensaios se chamam O Reino do Erudito (Valayaté-Faghih), A Chave dos Mistérios (Kachfol-Astar) e A Explicação dos Problemas (Towzihol-Masael).No Brasil, os textos foram publicados em conjunto, na obra “O Livro Verde dos Princípios Políticos, Filosóficos, Sociais e Religiosos do Aiatolá Khomeini” (Rio de Janeiro, Record, 1979).
Ayatollah Khomeini, líder fundamentalista xiita, foi chefe do governo do Irã desde a deposição do xá Reza Pahlevi (1979) até a sua morte (1989).Num país em que religião e governo se confundem, seus preceitos religiosos praticamente têm força de lei e permanecem válidos até os dias atuais.Até mesmo aspectos sanitários da vida dos iranianos são regulamentados, desde a alimentação até o outro extremo do tubo alimentar:

Preparativos para a evacuação


  • “É preferível agachar-se num lugar isolado para urinar ou defecar. É igualmente preferível entrar nesse lugar com o pé esquerdo e dele sair com o pé direito.”“Para defecar, deve também evitar se agachar exposto ao vento, nos lugares públicos, na porta da casa ou sob uma árvore frutífera.”

  • “É preciso que todos, no momento de urinar ou defecar, escondam o sexo àqueles que são púberes, inclusive às irmãs ou à mãe, aos débeis mentais e às crianças com idade de compreender. Mas o marido e a mulher não são obrigados a isso.”
    “Não é indispensável ocultar o sexo com alguma coisa em particular; basta fazê-lo com a mão.”

Durante a evacuação



  • "No momento de urinar ou defecar, é preciso se agachar de modo a não ficar de frente nem dar as costas para Meca.”“Durante a evacuação, a pessoa não deve se agachar de cara para o sol ou para a lua, a não ser que cubra o sexo.”

  • “Recomenda-se cobrir a cabeça durante a evacuação e apoiar o peso do corpo no pé esquerdo.”

  • “Deve-se igualmente evitar, durante a evacuação, comer, demorar e lavar o ânus com a mão direita.”

  • “Finalmente, deve-se evitar falar, a menos que se seja forçado, ou se eleve uma prece a Deus.”

Após a evacuação



  • “Em três casos, é absolutamente necessário purificar o ânus com água:- quando os excrementos foram evacuados com outras impurezas, como sangue;- quando o orifício anal ficou mais sujo do que de costume;- quando algo impuro tiver roçado no ânus.”

  • “Fora desses três casos, pode-se lavar o ânus com água, ou limpá-lo com um pano ou uma pedra.”

  • “Não é necessário limpar o ânus com três pedras ou três pedaços de pano; uma só pedra ou um só pedaço de pano basta.”

  • “Mas, se se o limpa com um osso ou com coisas sagradas como, por exemplo, um papel contendo o nome de Deus, não se pode fazer orações nesse estado.”
    (Extraído do livro “As mais antigas normas de Direito”, de J.B. de Souza Lima. 2.ed., Forense, Rio de Janeiro, 1983)

terça-feira, 15 de julho de 2008

Uma nação de Jaiminhos


Quem nessa vida nunca viu a série"Chaves" (não confundam com o presidente), dentre os personagens dessa série sempre me lembro de um em especial, o Jaiminho, senhor de idade que tinha por profissão ser carteiro, no entanto com o subterfúgio de estar "cansado" sempre esquivava-se de sua responsabilidade profissional.


Uma frase muito caracteristica do Jaiminho era "é que quero evitar a fadiga", esse bordão resume quase toda a cultura Brasileira, de norte à sul, do Oiapoque ao Chuí, encontramos milhoes de Jaiminhos.


Desde o inicio da colonização pelos portugueses (homens bigodudos e mulheres de muitos pêlos na região das axilas), estamos ai, deitados na rede, vendo nossas vidas mudarem pelas mãos de outros, sendo levados pela correnteza dos acontecimentos, somos expectadores de nossa estória!!


Pense bem, quando a república foi proclamada muitos não ententenderam o que ocorria, pensaram que era uma "parada militar", igual à esta temos o acontecido em em 1 de abril de 1964, essa sim data que deveremos sempre nos lembrar, já que vivemos ai a nossa "idade média negra", onde também assistimos,preguiçosos, poucos lutarem por muitos.


Atualmente vivemos uma era de ouro para os Jaiminhos, ainda preguiçosos, esperamos decisões do "céu" que mudarão nossas vidas, que transformarão o "país do futuro" no país do presente, esperamos que a corrupação diminua e ainda reclamos desta, mas, preguiçosos ainda idolatramos o "malandro" que ganha sem trabalhar, ainda não nos lembramos do canditado em que votamos já que isso (óbvio) não é tão importante.


O dia em que acordarmos, e deixarmos essa sindrome do Jaiminho, e formos às ruas para defender nossos direitos, e quando votarmos conscientemente, e quando deixarmos de privilegiar a esperteza em vez da competência, ai sim daremos um salto, e então, ao contrário do Jaiminho deixaremos a preguiça e aprenderemos à andar de bicicleta (lembrem-se o jaiminho tinha uma bike mas não sabia andar) para tomar as rédeas da estória Brasileira.



by melk :-)

segunda-feira, 14 de julho de 2008

Na onda de "Pantanal"


Essa foi boa. Pegou à todos de surpresa.


Como uma novela gravada há muito (e bota muito nisso) faz tanto sucesso? uma novela onde as cenas são intercaladas por extensas (exaustivas) tomadas mostrando o ecossistema pantaneiro.Uma novela onde quase todos já deram um "pega " no rio. Onde há onças que viram gente (ou o contrário como queiram).


Primeiro, a novela foi gravada nos idos da década de 90 do século passado, na extinta (e ótima) TV Manchete, emissora que nos legou várias outras obras primas como YU YU HAKUSHO e o lendário NINJA JIRAYA!

Essa emissora ficou bastante famosa por além de apresentar ótimos desenhos japônicos produzir novelas com pouco ou nenhum pudor (bons tempos de "chica da silva").


Voltando á novela, esta se passa entre o Rio de Janeiro e o Pantanal, e tem como eixo central o sr. "juvêncio" que comeu quase todas as mulheres da 1° parte da novela, e "juventino" que quase comeu todas as da 2° fase.


Mas afinal de contas qual a receita misteriosa dessa novela que fez tanto sucesso quando eu ainda me preocupava com qual monstro o Jiraya ia matar.


O primeiro fator é claro a "nudez" que é explicita na novela onde as mulheres tomam muitos banhos nuas (leia-se peladas) no rio, o engraçado é que o rio acaba por tornar-se um ponto de encontro, um dos personagens principais da novela, imagine que sem o rio boa parte dos personagens ficariam sem lugar para a cópula tão desejada.


O rio na novela possui PODERES afrodisiacos, já que ao chegar perto deste as pessoas acabam obedecendo ao preceituado por deus no gênesis (crescei e multplicái-vos) ou por jesus nos evangelhos (amai-vos uns aos outros ).


Outro fator de sucesso na novela é fator "imaginário popular", expresso por "mutações" de personagens em onças e cobras (precursoras da atual novela da Record), fora que, creio eu que o porte de armas não era muito popular por aquelas bandas, já que quase todos ali possuiam "espingardas", mas, pensando bem, se todos se transformam em animais, e você possui uma arma, possivelmente teriamos uma boa desculpa se a sogra aparecesse não muito bem de saúde.


Mas enfim, a novela tá ai, quem quiser e tiver tempo recomendo, é uma boa forma de ver o quanto a tele dramaturgia evoluiu graças à deus!


obs: voces perceberam que a Amy Winehouse se inspirou no cabelo da "muda"para fazer seu penteado que é composto basicamente de uma ratazana morta envolta em cabelo mal tratado, é igualzim!!entre uma bofetada em um fã e uma internação no hospital até ela vê!


by melk!:-)

quarta-feira, 9 de julho de 2008

a insanidade

Em que momento nos tornamos tão insanos?
A realidade ao qual nos deparamos é de tal forma estarrecedora, que nos alude aos tempos onde não haviam barreiras ás atrocidades que hodiernamente são cometidas em cada esquina.
O que vemos espelhado em nossa sociedade é um processo crônico de "frieza emocional", onde, os agentes que deveriam ser os baluartes protetores da lei, tornan-se cada vez mais os transgressores da norma.
Os fatores que provocam reações catatróficas como as observadas na morte bárbara do garoto no carro da mãe no rio de janeiro, são em suma a resposta á um ambiente de constante tensão e conflito, as pessoas acabam por achar natural o policial metralhar um bandido, até mesmo acham isso justo, essa frieza provoca um declinio nos valores impetradas nos direitos humanos e provocam erros como o que resultou nessa tragédia.
Esse resultado é muitas vezes resultado de nossa visão miope em relação à violência,onde aplaudimos a morte dos delinquentes e não observamos que damos uma "carta" branca aos policiais para abrir fogo contra qualquer suspeito sem mesmo ter certeza de que este cometeu o ilicito, essa é a expressão máter da politica "atira primeiro pergunta depois".
Erros como o cometido pela policia carioca não são exclusividade de nosso terrório tupiniquin, exemplo dessa politica foi a morte do brasileiro charles de menezes á alguns anos, morto no metrô de londres quando foi confundido com um terrorista.
Esse caminho só pode ser mudado por nós, ao mudarmos nossa mentalidade e entendermos que a utilização somente da força para dirimir conflitos sociais não é e nunca será a medida mais correta, ela apenas cria um circulo vicioso que trará mais violência.
Se me perguntares qual a saida, apenas há uma, eduque seu filho para que ele cresça sem preconceitos, que possa entender que existem diferenças sim, no entanto elas são apenas externas, que todos somos descendendes de uma mesma célula, em suma ao prevalecer a solidariedade acabará a violência e a insanidade que nos domina.
by melk..... :-)

segunda-feira, 7 de julho de 2008

o tempo

O tempo é um dos tormentos que mais me preocupam atualmente...
Parece que este cada vez está mais curto, sonho com o tempo em que poderemos ter um dia de 48 horas, para finalmente poder trabalhar, estudar (direito), malhar,e (+important) namorar...
Podemos analisar o tempo por dois aspectos, o primeiro é derivado desse ritmo frenético que somos submetidos hodiernamente, sempre corremos atrás dele para cumprir horários e quase nunca conseguimos, eu por exemplo nunca consigo cumpri-los, horários são dificeis de cumprir, o problema é que no judiciário só quem tem prazo é o advogado, já a tramitação interna nunca tem prazo, tenho processos mofando à bastante tempo sem prazo para voltar à movimentar-se.
Outro aspecto refere-se ao tempo real, sou meio paranóico com isso, sempre acho que o tempo está passando rápido demais, (um dia desses eu estava com 15 anos e ainda no ensino médio) quase sempre me pego preocupado com o tempo e decidido estudar mais, fazer mais cursos, trabalhar mais....
aff... parece que as férias não estão me fazendo muito bem!

melk :,-( com prazo estourando!!!!!!!!!!!

segunda-feira, 30 de junho de 2008

CANSADO.....

AFF. ÁS VEZES NOS DÁ UMA CANSEIRA QUE A VONTADE DE DESISTIR DE TUDO AFLORA EM NOSSOS PLANOS FUTUROS, A CORRIDA DIÁRIA (MESMO QUE VICIANTE) É ESTAFANTE E UMA HORA NOSSO SACO ESTOURA E TEMOS UM DIA DE FÚRIA.
ACORDAMOS CEDO, DORMIMOS (QUANDO DORMIMOS) TARDE, RESPONSABILIDADES,PRAZO, CLIENTES,JUIZES,SECRETÁRIOS TUDO ISSO SOMADO RESULTA NA EQUAÇÃO MALDITA DO STRESS....

quinta-feira, 26 de junho de 2008

nostalgia.....

" quem me era ouvir de alguém a voz humana
que confessasse não um pecado, mas uma infâmia:
arre estou farto de semi deuses!
onde é que há gente no mundo?"
Fernado Pessoa
As lembranças povoam a mente de quem um dia sentiu de perto a felicidade, esse sentimento que quase sempre é efêmero, no entanto é intenso e inesquecivel.
Apartir do momento em que ela passa a vida se resume em apenas lembranças, daquela tarde chuvosa, dos efeitos da luz que passava pela janela e se desenhava no corpo dela transformando-a em uma ninfa iluminada, seu cheiro, nossos fragrâncias unindo-se e transformando-se na expressão da união de duas almas.
à essas lembranças, apenas lembranças......
melk

terça-feira, 24 de junho de 2008

A desobediência

" o ato da desobediência como ato de liberdade é o começo da razão"
Erich From

A desobediência sempre existiu e sempre existirá, sua atuação pode ser observada em quqse todas as fases da história mundial, tendo sido importante para a ascensão e queda de muitos impérios e por relevantes reviravoltas no curso das sociedadaes.

O que seria de nós (hipótese mais difundida) se Pedro Alvares Cabral não tivesse desobedecido seu itinerário original e desviado até a terra tupiniquin? O que seria de nós se Rosa Parks não tivesse se recusado a manter-se submissa á leis racistas? O que seria de nós se tivessemos abaixado a cabeça para a ditadura?

A desobediência muitas vezes é a expressão da verdade, essa que é suprimida por quem detêm o poder, a desobediência é a unica via para mudanças concretas.

Hodiernamente precisamos desobedecer sim!desobedecer aos preceitos discriminatórios, desobedecer aos preceitos de que a corrupação é normal e é derivada de nossa cultura, desobedecer....

Óbvio que uma desobediência responsável é a meta á ser alcançada, irresponsabilidade não é mudança! é balburdia, e essa não constrói nada novo, apenas destrói...

melk ;-) bom dia!até mais!

segunda-feira, 23 de junho de 2008

A guerra (depois de uma sessão de filmes)
















A guerra é a espressão factual da bestialidade humana, capaz de destruir sonhos como se estes fossem descartáveis, fazendo com que homens se transformem em coisas que têm como único objetivo a destruição do seu semelhante sem mesmo saber o por quê.

Ela mostra a face mais cruel da humanidade, face esta que nos destrói à cada dia, que corrompe bilhões, que mancha de sangue mãos inocentes e outras não tão inocentes assim, que é alimentada por lobbys que apenas se saciam pelo dinheiro em troca do sangue alheio.

Em sua esmagadora maioria as guerras são comandadas por mentes doentias que defendem ideologias vãns que acabam por abocanhar inumeras vidas apenas para amainar egos de uma minoria que na maioria das vezes observa a batalha de um lugar seguro enquanto outro lhes dão a vida, esse são utilizados não como pessoas merecedoraas de direitos e sim como armas, como peões de um jogo de xadrez onde o xeque mate é conseguido da forma mais cruel possivel.

No auge do século XXI onde temos a possibilidade de conhecer pessoas de todos os continentes, onde podemos viajar à milhoes de kilometros à custa de bilhões de dólares apenas para ver de existe gêlo em um planeta longinquo, apesar de tudo isso ,ainda, mantemos guerras, matamos pessoas apenas por essas não concordarem com nossas opiniões, por não professarem a mesma religião que a nossa, e principalmente (atualmente) para que nossos carros possam andar.

Enquanto permanecermos assim não merecemos o titulo de "humanidade",nossas ações não deixam que nos denominemos assim.

melk! ;-)

sexta-feira, 20 de junho de 2008

o controle

Um dia percebi que a maioria dos que imaginavam-se como pessoas que se auto controlavam apenas retêm instintos os quais se acumulam durante os anos, isso provoca uma sequência interminável de situações mal resolvidas.

Ao colocarmos muitas vezes a razão em frente ao intinto faz com que tornemos as pessoas intespestivas viciadas crônicas, pois, sabem que para evitar o confronto direto, os que se acham sensatos acabam por ceder aos caprichos da maioria regida pelo instinto, provocando muitas vezes decisões equivocadas.

Essas decisões acabarão por prejudicar os dois ,haja vista que, uma decisão equivocada inflinge perdas no âmbito material no âmbito organizacional. A dubiedade de expressão de decisões está em quase todas as esferas de relacionamento, indo desde a relação mae e filho, até a decisão em grandes organizações ou paises, sendo que seus efeitos são sentidos em ambos.

Exemplificadamente podemos elencar dois fatos que são de conhecimento comum á todos, em uma relação entre mãe e filho acaba-se por instituir-se uma relação de sub-serviência, onde a mãe atende á quase todos os caprichos do filho, esse comportamento gerará um adulto que pensa que o mundo está à seu dispor, até comportamento dificilmente se reverte pois encontra-se empetrado na mente do individuo como um comportamento inteiramento normal e por isso não sujeito á mudanças.

Em suma o ideal é a união entre a intepestividade do regidos pelo instinto e a racionalidade na tmada de decisões, em que pese a utilização da razão na construção da idéia, e da intespetividade na apresentação da idéia, assim você estará demonstrando que possue a razão necessária para a criação de grandes idéias e têm a intespetividade para defendê-las até a morte!!!!!!!

rsrsrsrsrs!!!q viagem!!!!!!!

melk ! valeu!!!!!!
até amanha!!!!

quinta-feira, 19 de junho de 2008

mais um dia....




A vida é isso, uma sucessão de dias,semanas,meses,anos e décadas. Tempo que passa lento escorrendo entre pessoas,rostos e lugares.




O que vai fazer a diferença entre os que ao final da vida passarão tranquilos e os que se prenderão à um liame de frustrações tentando e implorando por mais um dia, achando que farão tudo que não fizeram quando tiveram oportunidade, é a qualidade das amizades, são os amores bem aproveitados.




Sempre corremos em ritmo alucinado para alcançar coisas materiais, e quase sempre esquecemos que o importante não é o acumular mais, e sim o ter mais, ter mais caráter, ter mais bondade, ter mais amores, ter mais amigos que você possa contar de verdade, ter mais sorrisos em rostos de crianças (como os das minhas sobrinhas).




Ações como essas farão com que acordemos todos os dias não pensando que será mais um dia, e sim que será O DIA, o SEU DIA.




MELK! FLW!




quarta-feira, 18 de junho de 2008

BYE DEAR FRIEND.... ATÉ UM DIA QM SABE...


Existem pessoas que passam por nós sem deixar marcas boas ou ruins, apenas passam.....

outras nos trazem boas lembranças, e fazem com que músicas, frases, ou gestos fiquem em nossas lembranças,fazendo com que sempre que vimos algo parecido sintamos aquela saldade, que é ruim e boa ao mesmo tempo, pois,sabemos que as despedidas são em sua maioria prova da evolução de nossos próximos.


Tenha certeza que você me fez rir muitas vezes, seus trejeitos e formas não muito ortodoxas de ver o mundo, sua alegria contagiante, suas frases impactantes, sua sinceridade extremada, sua personalidade forte, isso tudo te transforma em uma pesssoa inesquecivel, tão surpreendente que nunca sabemos qual sua reação diante de uma situação qualquer, isso é d+ já que a rotina não é sua companhira de viagem.


Acredito que pessoas que não te conhecem podem até te achar fútil, mas, azar o delas que não te conhecem de verdade, não viram o quanto és generosa, ( mesmo que tentes esconder esse lado),só quem te viu sabe o quanto és inteligente, és multi, mãe,filha,amiga,estudante, empresária e é acima de tudo FELIZ (isso sim é o mais dificil).


Espero que a despedida possa se transformar em até logo, e que o objetivo dela seja alcançado, que você consiga alcançar suas metas,pois, ao saber ficarei muito feliz de onde eu estiver.


obs: te lembras o que eu sempre disse, um dia vou fazer um livro em tua homenagem vais ver....

boa sort dear friend....

pra você neila!!!!

terça-feira, 17 de junho de 2008

a volta do grande profeta








Para tudo na vida existem preceitos. A volta do grande profeta nos tras novas gotas de sabedoria islâmica, para a já corrompida civilização judaico-cristã-ocidental (mas cá entre nós será que os iranianos seguem tudo isso???), se não seguirmos estes ensinamentos estamos cometendo haram e por isso teremos como destino o inferno!!!!!!(legal!!!!!!!)

Os preceitos do Ayatollah Khomeini fundamentam até os dias atuais o ordenamento jurídico do Irã, inclusive no que se refere a todas as formas de sexo:
  • “É proibido olhar para uma mulher que não a sua, para um animal ou uma estátua de maneira sensual ou lúbrica.”
  • “O homem que ejaculou após ter tido relações com uma mulher que não é a sua e que de novo ejacula ao ter relações com a sua esposa legítima não tem o direito de fazer as suas orações, se estiver suado; mas, se primeiro tiver tido relações com a sua mulher legítima e depois com uma mulher ilegítima, poderá fazer as suas orações, mesmo se estiver suado.”
  • “Se o homem tiver relações sexuais, esquecendo que está em período de jejum, ou se for forçado a fazê-lo, o seu jejum será válido. Mas se ele se lembrar do jejum durante o coito e não for forçado a continuar com ele, deverá interromper imediatamente o ato sexual.”
  • “Por ocasião do coito, se o pênis penetrar na vagina da mulher ou no ânus do homem completamente, ou até o anel da circuncisão, as duas pessoas ficarão impuras, mesmo sendo impúberes, e deverão fazer as suas abluções.”
  • “Durante a menstruação da mulher, é preferível o homem evitar o coito, mesmo que não penetre completamente – ou seja, até o anel da circuncisão – e que não ejacule. É igualmente desaconselhável sodomizá-la.”
  • “Dividindo o número de dias da menstruação da mulher por três, o marido que mantiver relações sexuais durante os dois primeiros dias deverá pagar o equivalente de 18 nokhod (3 gramas) de ouro aos pobres; se tiver relações sexuais durante o terceiro e o quarto dias, o equivalente a 9 nokhod, e, nos dois últimos dias, o equivalente a 4 ½ nokhod.”
  • “Se o homem tiver relações sexuais com a sua mulher durante três períodos menstruais, deverá pagar o eqüivalente em ouro a 31 ½ nokhod. Caso o preço tiver se alterado entre o momento do coito e o do pagamento, deverá ser tomado como base o preço vigente no dia do pagamento.”
  • “Sodomizar uma mulher menstruada não torna necessário qualquer pagamento.”
(Extraído do livro “As mais antigas normas de Direito”, de J.B. de Souza Lima. 2.ed., Forense, Rio de Janeiro, 1983. Atualizado em 18/05/2008, com informação de Janer Cristaldo)

segunda-feira, 16 de junho de 2008

a foto demonstrando como os ocidentais fazem!!!!


nós ocidentais não precisamos de ninguém dizendo como defecar (leia-se cagar).

isso demonstrado pela nossa higiene e métodos ortodoxos utilizados no trono.

Dêem graças por ter nascido no Brasil.

Hoje tive mto trabalho no escritorio por isso o texto não será de minha autoria.
DIVIRTAM-SE.

A EXCREÇÃO SEGUNDO KHOMEINI

O líder iraniano Ayatollah Ruhollah Khomeini sintetizou, em três ensaios, as prescrições religiosas e sociais que são impostas até hoje pelo governo teocrático de seu país.
Os ensaios se chamam O Reino do Erudito (Valayaté-Faghih), A Chave dos Mistérios (Kachfol-Astar) e A Explicação dos Problemas (Towzihol-Masael).
No Brasil, os textos foram publicados em conjunto, na obra “O Livro Verde dos Princípios Políticos, Filosóficos, Sociais e Religiosos do Aiatolá Khomeini” (Rio de Janeiro, Record, 1979).

Ayatollah Khomeini, líder fundamentalista xiita, foi chefe do governo do Irã desde a deposição do xá Reza Pahlevi (1979) até a sua morte (1989).
Num país em que religião e governo se confundem, seus preceitos religiosos praticamente têm força de lei e permanecem válidos até os dias atuais.
Até mesmo aspectos sanitários da vida dos iranianos são regulamentados, desde a alimentação até o outro extremo do tubo alimentar:

Preparativos para a evacuação

  • “É preferível agachar-se num lugar isolado para urinar ou defecar. É igualmente preferível entrar nesse lugar com o pé esquerdo e dele sair com o pé direito.”
    “Para defecar, deve também evitar se agachar exposto ao vento, nos lugares públicos, na porta da casa ou sob uma árvore frutífera.”
  • “É preciso que todos, no momento de urinar ou defecar, escondam o sexo àqueles que são púberes, inclusive às irmãs ou à mãe, aos débeis mentais e às crianças com idade de compreender. Mas o marido e a mulher não são obrigados a isso.”
  • “Não é indispensável ocultar o sexo com alguma coisa em particular; basta fazê-lo com a mão.”

Durante a evacuação

  • “No momento de urinar ou defecar, é preciso se agachar de modo a não ficar de frente nem dar as costas para Meca.”
    “Durante a evacuação, a pessoa não deve se agachar de cara para o sol ou para a lua, a não ser que cubra o sexo.”
  • “Recomenda-se cobrir a cabeça durante a evacuação e apoiar o peso do corpo no pé esquerdo.”
  • “Deve-se igualmente evitar, durante a evacuação, comer, demorar e lavar o ânus com a mão direita.”
  • “Finalmente, deve-se evitar falar, a menos que se seja forçado, ou se eleve uma prece a Deus.”

Após a evacuação

  • “Em três casos, é absolutamente necessário purificar o ânus com água:- quando os excrementos foram evacuados com outras impurezas, como sangue;- quando o orifício anal ficou mais sujo do que de costume;- quando algo impuro tiver roçado no ânus.”
  • “Fora desses três casos, pode-se lavar o ânus com água, ou limpá-lo com um pano ou uma pedra.”
  • “Não é necessário limpar o ânus com três pedras ou três pedaços de pano; uma só pedra ou um só pedaço de pano basta.”
  • “Mas, se se o limpa com um osso ou com coisas sagradas como, por exemplo, um papel contendo o nome de Deus, não se pode fazer orações nesse estado.”

(Extraído do livro “As mais antigas normas de Direito”, de J.B. de Souza Lima. 2.ed., Forense, Rio de Janeiro, 1983)

sexta-feira, 13 de junho de 2008

A dúvida.

Um dos maiores ganhos adivindos dos avanços tecnológicos observados no último século foi o de transformar o mundo em uma "aldeia global" ,onde, quase que instantâneamente podemos estar em contato com pessoas à milhares de kilometros.

Esse novo fator delegou-nos a possibilidade de termos um numero infinito de amigos ou conhecidos, por meio de instrumento como o ORKUT e MSN ou MY SPACE, isso não era vislumbrado por nossos antepassados, dai podemos entender que estamos em uma melhor situação que nossos pais ou avós, no entanto, acredito que nossa nova realidade trás sim muitos problemas.

Ao aumentarmos inefinidamente nossa rede de amizades acabamos por privilegiar a quantidade do que a qualidade, exemplo esse que pode ser visto no número de amigos que cada um possui no ORKUT, onde há pessoas que adicionam quem não conhecem apenas para dizerem que possuem muitos amigos, isso torna-se uma ilusão e até mesmo motivo de frustrações,haja vista que, ao terem amigos "ficticios" estes possivelmente não lembrarão do seu aniversário ou não o responderão depois de um tempo (quando já esqueceram de você).

Outro problema é quando possuimos muitos amigos derivados de relações empregaticias ou educacionais, que de alguma maneira continuam próximos, esse frequentemente acabam por marcar festas ou ter aniversários proximos ou no mesmo dia, isso acarreta ou uma diminuição brusca dos recurso financeiros (você fica liso) ou voce recebe uma repreensão de um do pólo preterido.

Em suma, hoje estou em uma sinuca de bico, onde, tenho que escolher entre amigos de dois circulos de amizades totalmente diferentes, e prevejo que possivelmente terei muta dor de cabeça amanha.

fui!!!!!!!!!!