segunda-feira, 22 de setembro de 2008

UMA ESCOLHA (4 vidas e uma noite).

A primeira ligação é feita, já é 20:00 mas o relógio corre contra todos e uma decisão equivocada trará conseqüências nefastas á todos, esse telefonema somente será o primeiro de muitos.

É 20:30 ,estou nervoso, a pessoa do outro cospe as palavras e é como se sentisse sua pulsação á kilômetros, a primeira opção foi logo descartada pelo grupo com a justificativa que era longe demais e precisaríamos de um “orçamento” maior para alcançar o objetivo proposto e pelo qual nos reunimos semanalmente.

O primeiro problema seria o transporte até o local que deveria ser previamente escolhido de forma “democrática” já que todos tinham interesses legítimos na cruzada que deveria ser executada, felizmente este problema foi rapidamente sanado, pois, um dos indivíduos do grupo teve o veiculo automotor de seu genitor á disposição.

Pelo menos um problema resolvido, já são 22:00 e o grupo ainda não entrou em consenso sobre onde iríamos atuar nesta noite, os locais á escolher são muitos e os interesses particulares de cada um ofuscam a objetividade e frieza necessária em escolhas difíceis e complexas como esta, todas as variáveis tinham que ser analisadas para que nada saísse errado, e eu não consigo entender como meus companheiros de “luta” não percebem que o protelamento da decisão apenas influencia na diminuição de um fator essencial ao alcance dos objetivos que é o tempo.

Ás 23:00 ainda sem a decisão definitiva decido me retirar temporariamente já que fui voto vencido nas propostas que apresentei, decidi conferir meu “equipamento”*1 com a responsável*2 pela manutenção ao qual passei instruções exatas de como manusear os equipamentos para evitar transtornos de ultima hora que inviabilize a jornada noturna á começar.

Finalmente! Ás 23:45 recebo as instruções finais do local do encontro, sem demora equipo-me, e me dirijo ao local escolhido em veiculo próprio que requisitei de ultima hora junto ao oficial superior*3, ao chegar lá decepciono-me logo na entrada, “puta que pariu”, de novo o “Barcelona”*4, e mesmo frustrado irei com afinco executar a tarefa ao qual me incumbi.

Hoje a festa terminará tarde e Baco*5 não ficará decepcionado!!!!!!


align="justify">*1:roupa.
*2: empregada.
|*3:meu pai.
*4: boate de belém.
*5: deus romano do vinho, e das festas!!!!!.


by eu

16 comentários:

Endira disse...

Huauhauhauhau

ah, eu gosto do barcelona, pows!

douglasfert disse...

Texto BEEM escrito.

Vai conduzindo o leitor...
UM encontro terrorista? Um assalto? Não, é uma simples noitada!
Será que foi só eu que viajei ou a idéia do autor foi realmente nos surpreender?


Parabéns pelo BLog!
gostei bastante...

abrss...

PequenAprendiz disse...

hahaha!
Que criatividade pra narrar uma noite de festa!
Parabéns garoto!
ótima semana!
Abços

Rafaela Oliveira disse...

Poxa,muito bom teu texto,hiper criativo.
Parabéns heim!

Moas disse...

HAhahaha.. adorei o blog, parabéns, a forma que você escreve, é simplesmente cômica, e o comentário que vc deixou no meu log, não sei se era para me fazer rir, mas conseguiu!brilhante!!!

shine-on!

Livia Queiroz disse...

rsrs

bem escrito o texto
Fikei confusa, imaginei mil coisas mas no fim...aaaaaaah eh só uma festa! hehe

gostei gostei

Jonhy Rock and Roll disse...

Poxa cara, essa tua maneira de escrever é muito massa, mas conta ae, la na barcelona, vc não encontrou nenhuma secretária*
hehehe
Fique com os Deuses do Rock and Roll.

Natani Cruz disse...

Muito boom, adorei!
pensei que seria um assalto pow hauhauahauahauah

Beijos

Luciano Freitas disse...

heheh que bacana o blog! gostei do post do 1968... !!!

Livia Queiroz disse...

o poema do Passarinho eh meu sim!
Ki bom ki gostou
e pode linkar sim, sa´r um prazer


bjaum

PequenAprendiz disse...

Mas eu já comentei...
Olha ali ó
viu?
=p

Mayumi disse...

aaai, você me enganou.
eu pensei que ia rolar um assalto coisa do tipo, mais era só uma noitada.
AAAAAAAAAAAAI você me enganou!
¬¬'

kaokoapkaopkaopkaa
adoreeii, adoooorei adooorei mesmo viu *-*
kajsioksopaksos
mais não valeu, você me enganou .
HUNF


;)

30 e poucos anos. disse...

Baco...baco ... sempre comigo ... hahaha

Muito legal seu texto

Camilíssima disse...

Adorei teu texto. Humor refinado, na medida certa! Parabéns pelo blog, muito bacana! Beijinhos, Camila.

Leo Moraes disse...

Imaginei tudo que poderia ser.
Foi de propósito esta viagem que eu fiz até Marte e voltei ? hahaha

Abraços

Danilo disse...

oficial superior é?


kkkkkkkkkkk