terça-feira, 29 de julho de 2008

Direitos Humanos para Todos JÁ!!!!!!!!

Os direitos humanos como matéria constitucional vêm tomando uma vultosa importância dentro do nosso ordenamento e principalmente em tratados internacionais que visam proteger a Humanidade de Abusos e injustiças e crueldades acometidas á pessoas, povos, ou castas.

Nesse âmbito de pensamento avançamos muito nos ultimos anos em relação á criação de leis e desenvolvimento de mecanismos de proteção dos direitos humanos principalmente com a participação efetiva da sociedade civil organizada, no entanto mesmo com todos essas vitórias ainda encontramos países que utilizando-se como subterfúgio justificador sua religião ou cultura , essa corrente é conhecida como "Relativismo cultural".

O relativismo cutural é ainda um empecilho para os avanços dos direitos humanos em países que ainda aceitam ou normatizam práticas que vão de encontro aos direitos que toda a humanidade deveria usufruir, sem estigmatizações religiosas, o "mundo muçulmano" ainda é o principal bastião do relativismo, principalmente justificando esses atos de extrema crueldade sob à égide dos preceitos religiosos impetrados no Alcorão.

Exemplos de práticas DESUMANAS que ainda subsistem mesmo no século XXI são a mutilação genital feminina (MGF) praticada ainda hoje em paises da África , do Meio Oriente e Ásia, essa prática consiste em uma mutilação covarde efetuada com a remoção de todo ou de parte da genitália feminina, essa prática não traz apenas perigo à vida da mulher haja vista que predominantemente é feita em locais sem condições sanitárias e sem anestesia mas também afeta de maneira irreparável a mulher que ainda menina é submetida á essa prática horrenda provocando nesta profundos trantornos psiquicos e forte abalo moral e emocional. Outra prática vil é o chamado "estupro coletivo" , que também é muito comum em paises islâmicos, onde em um passado recente tomamos conhecimento por meio da imprensa mundial de um caso no Paquistão, onde uma garota "MUKHTAR MAI" foi estuprada foi condenada ao estupro coletivo por um crime praticado pelo seu irmão!!!Após pressão internacional os acusados foram á julgamento e absolvidos em 1° instância,os acusados somente foram condenados quando organizações e governos internacionais presionaram fortemente o governo Paquistanês.

A discussão sobre as diferenças culturais é totalmente válida, no entanto, não podemos nunca utilizar-mos desse quesito para justificar atrocidades injustificáveis, a religião não foi feita para punir o HOMEM e nem para ser justificativa de chacinas e crimes, e muito menos as culturas construiram-se sobre o sangue de inocentes.

Destarte devemos sim!! continuar lutando para a implementação irrestrita dos direitos do homem, dos direitos que todos sem distinção devem não somente posssuir na teoria e sim praticá-los em seu dia-a-dia.

obs: Item 5° da convenção de Viena de Direitos Humanos "Embora particularidades regionais devam ser levadas em consideração, assim como os diversos contextos históricos, culturais e religiosos , é DEVER DO ESTADO promover e proteger todos os direitos e liberdades fundamentais, independentemente de seus sistemas politicos , econômicos e culturais".
by melk!!!

3 comentários:

Thaís Abdala :) disse...

Muito ineteressante o post :)Adorei!
Vou te linkar, Ok?
- Que bom que gostou do desEnho :B
UAHSUAHSUHA'

Beijos '

Breno Lucano disse...

Quando a China invadiu o Tibet utilizaram o discurso de que levariam melhores condições de vida àquele povo. Mosteiros foram pilhados, pessoas metralhadas, mulheres estupradas, monges humilhados. Levavam os direitos humanos, progresso material, tudo o que existia de melhor na sociedade ocidental. O resultado óbvio foi o gradativo processo de perda da identidade cultural do povo.

A discurssão sobre ética e direitos humanos não é tão fácil quanto parece. Antes de serem direitos universais, eles o são apenas para a sociedade contemporanea industrial européia capitalista.

Há muito o que ser discutido.

Victor Moraes, disse...

acho que estamos em uma séria crise.
como podemos contar com o Estado?
quando ele, a policia e outros que deveriam nos ajudar interferem...a situação acaba se agravando.
Quantos casos de "erros" policiais na tv? só agora uns 5 ou mais ...
fora os que ocorrem nas nossas ruas.
acho que falta colocar 'humanidade' na cabeça das nossas crianças pra que não cresçam contribuindo pro caos, tal qual é hoje.

______________
belo texto,
muitíssimo bem escrito.