terça-feira, 9 de setembro de 2008

UM OLHAR



Quando permitiu-se levantar nem imaginava que apartir daquele momento nunca mais seria o mesmo, viu aquelas mãos lhe oferecerem ajuda e nem prestou atenção na dona de mãos tão pequenas mas em seu diminuto tamanho guardava uma ternura pulsante.

Olhou-a nos olhos apenas para agradecer-lhe a ajuda e desculpar-se pelo incômodo já que uma “queda” em cima de uma expectadora não é uma coisa para se orgulhar, no entanto aqueles olhos verdes profundos lhe enviaram á um mundo que até então não conhecia, e que por muito tempo não quis conhecer, e perdeu-se por um segundo neste novo mundo,desejando não estar “suado” e no meio de um jogo de futsal.

Foi acordado pelos gritos do treinador que lhe retirou abruptamente daqueles profundos olhos verdes, no entanto não conseguiu se concentrar mais no jogo, desejando que aquilo acabasse logo, sua mente cheia de planos vagava por um mundo que naquele momento parecia a única alternativa , prometeu mudar , ia cortar o cabelo (ou será que ela preferiria longo e desgrenhado como estava), lavar de vez em quando seus sapatos (dois pares de sapato rotos e gastos).

Enquanto o treinador falava (e ele não ouvia) nas instruções para o segundo período ficou pensando em qual presente lhe dar no primeiro aniversário de namoro, ficou em dúvida entre trufas e rosas (muito comum pensou), voltou do vestiário triunfante, vou levá-la ao parque dar-lhe trufas e rosas (lugar romântico+ chocolate+rosas= sucesso!!!!).

Ao fim do segundo período percebeu que perderam o jogo (putz!!!!), olhou para aquele segundo patamar da arquibancada onde ela estava, não a viu, procurou, não a encontrou, e agora , aquele minuto eterno em que ficou absorto querendo perder-se nos naqueles olhos verdes lhe voltou à memória, e ele sabia que não voltaria ao normal (e não queria mesmo) se não a encontrasse.

To be continued.....

By melk

5 comentários:

Endira disse...

eu nem gosto de olhar nos olhos :P

votaria em trufas, pq eu sou gorda e possuo espírito gordo, ora pipocas :]

30 e poucos anos. disse...

Isso que é amor a primeira vista heim...

Ana disse...

Isso é um amor a primeira vista? Se continuar mesmo vai acabar virando um amor "platonico"


;)

André ;) disse...

amor amor o que eu quero eh.....

PequenAprendiz disse...

Profundo demais!